13 sites para quem quer aprender a programar sem gastar nenhum tostão (ou quase!)

 Foto: rawpixel.com

Receba artigos sobre tecnologia quinzenalmente em sua caixa de entrada!

×

Se você já se convenceu que código é o novo alfabeto e não quer virar um analfa digital, trago boas notícias para dar aquele pontapé inicial em seus estudos de programação e te tirar da inércia sem gastar nada (ou quase nada)! Sim, estamos vivendo em uma era maravilhosa e dá pra encontrar de tudo na Internet. Quando eu digo de tudo, eu quero dizer de tudo mesmo. Já até hackearam o curso de ciência da computação do MIT e você pode fazer todas as matérias do conforto do seu lar sem gastar aquela fortuna de matrícula + mensalidades.

Nutella em fatias, uma dessas invenções que provam que estamos realmente vivendo em uma era maravilhosa.

Então aqui minha listinha pra quem quer começar a se aventurar por este mundo:

1 – CodeCademy

Sou super fã do CodeCademy, você pode criar uma conta gratuita e sair fazendo os muitos cursos de programação pra web que eles têm (Ruby, Python, JavaScript, SQL, HTML) ou você pode optar por uma assinatura paga e ter acesso a alguns recursos extra tipo alguém pra te ajudar a escolher seu próximo curso, responder perguntas, rolam até uns projetos de fim de curso tipo um TCC.

2 – Coursera

Outro famosão da lista, o Coursera, oferece cursos criados por instituições de ensino respeitadas como Stanford, IESE, HEC, USP, Unicamp entre muitas outras. São mais de 2000 cursos os temas vão desde programação (duh!) até temas relacionados ao empreendedorismo e o mundo das startups.

3 – edX

edX é uma iniciativa sem fins lucrativos capitaneada pelo MIT e Harward. O foco não é só programação mas lá você pode encontrar muitos cursos de ciência da computação que dão uma base pra quem tá querendo entrar nesse mundo.

4 – Code.org

Outra non-profit, a Code.org tem o objetivo de estimular o ensino de programação, especialmente nas escolas. É financiada por um monte de patrões, tipo Bill Gates, Marc Cuban, Eric Smith e mais um tanto (quero dizer, todas) empresas de tecnologia. Os cursos são super divertidos, usam os personagens da Disney pra atrair a atenção da criançada de todo mundo e não precisa de nenhum conhecimento prévio. Eles organizam o Hour of Code, que é um evento open-source que busca introduzir crianças ao universo da programação.

5 – Programaê

O Programaê é uma iniciativa das Fundações Lemann e Telefónica e é um pouco como se fosse a versão brasileira do Code.org, apoiados por um monte de empresas mega. Na verdade eles são um pouco o braço do Code.org aqui mesmo, divulgando o Hour of Code no Brasil. Têm também um monte de ferramentas pra quem quer ensinar programação. O legal é que ele aproveita as ferramentas que eu citei ali em cima (CodeCademy, Code.org, etc), concatenando-as com os cursos criados por eles mesmos.

6 – Khan Academy

Outra non-profit, o Khan Academy foi criado para ensinar matemática, mas tem um track de programação também. É voltado pra crianças, os cursos são inclusive separados por séries (seguindo o esquema americano), mas não quer dizer que a criança dentro de você não possa se aproveitar desse site muito bacana.

7 – Udacity

O/A Udacity têm essa história dos nanodegrees, que são microdiplomas criados em conjunto com algumas empresas de tecnologia, especialmente a Google. Os cursos não são gratuitos, mas rola de experimentar de graça e continuar pagando após ter certeza que gostou.

8 – Hackdesign

O Hackdesign é mais voltado pras áreas de front e design, e os cursos tratam de usabilidade, prototipagem rápida, tipografia, cores. Bem legal!

9 – CodeSchool

A maioria dos cursos são pagos, mas ainda assim têm alguns bons cursos 0800.

11 – Udemy

Tá, o Udemy não deveria estar aqui porque o título do artigo diz “de graça” e os cursos do Udemy são pagos. Mas são bem baratos e eles têm curso de praticamente tudo o que você imaginar. Vale uma olhadinha. Dica dos brother: eles fazem promoções quase todo mês, se você entrar no site e ver o preço cheio não compre! Basta esperar algumas semanas que o preço irá cair.

12 – Eduonix

Outra plataforma paga, mas que tem uma sessão felomenal de freebies, com cursos pra todos os gostos. Também vale uma olhadinha.

13 – Le Wagon On-Line

Vou pedir licença pra fazer o meu jabá descarado, é que este ano o Le Wagon lançou um track online pra quem está querendo dar os primeiros passos em programação web. Clique aqui e peça seu invite, é gratuito.

E aí, curtiram? A pegadinha é que, por mais que a informação esteja aí acessível, é preciso de muita dedicação e disciplina pra aprender algo tão amplo. Aprender a programar é muito parecido com aprender uma língua. Ficar só no Duolingo duas vezes por semana, embora seja um ótimo começo, não vai te colocar falando. Também é preciso praticar.

Portanto, se está decidido a estudar programação, arrume uma forma de colocar este conhecimento em prática. Como? Comece com pequenos aplicativos em casa pra fazer coisas simples e vá pedindo ajuda pra comunidade nos grupos de face, fora (plural de forum. Sim, faço sucesso em festas como o chato do latim) e Stack Overflow. Quando você tiver mais segurança pode escolher algum projeto open source no GitHub pra colaborar, ter seu código revisado por alguém com mais experiência e aprender lendo o código dos outros.

Agora, se você quiser dar um passo além e partir para a imersão e acelerar o aprendizado, existem os bootcamps de programação. O melhor lugar pra se informar a respeito é o Course Report, que traz reviews dos principais bootcamps além de dicas de como escolher o que mais tem a ver com sua necessidade. Sem querer puxar a sardinha pro meu lado, mais já puxando, já adianto que apenas um entre os 20 bootcamps mais bem cotados neste site está no Brasil e este um é o Le Wagon.

E aí? Tem alguma dica pra acrescentar à lista? Quer saber mais sobre aprender a programar? Fale comigo: [email protected]

Autor
Dediquei a minha carreira ao mundo da tecnologia. Já passei por algumas das empresas mais inovadoras em seus setores, como Qualcomm, Nissan e Startup Farm, onde fui diretor de operações. Sou um dos responsáveis por trazer da França ao Brasil o Le Wagon, bootcamp de programação que transforma sua vida em nove semanas, ensinando tecnologia para quem cria.

5 thoughts on “13 sites para quem quer aprender a programar sem gastar nenhum tostão (ou quase!)

  1. Gente, uma coisa séria aqui: o mundo tá mudando e pra você sobreviver nesse novo mundo você precisa de DUAS habilidades indispensáveis: Inglês e programação. É sério, vai aprender programação. Eu recomendo demais o Le Wagon, aprender programação na prática e com gente incrível como o Fernando vai mudar sua vida. Fica a dica. 😉

    1. Obrigado pelo comentário! Realmente você tem razão, saiu errado no artigo. edX e Eduonix são dois sites diferentes, com pegadas diferentes mas ambos muito bons! Vou pedir pra corrigirem! Abraço!

Deixe um comentário

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se
Você pode gostar

Fique sempre atualizado sobre o GUAJA, assine nossa newsletter quinzenal—é grátis:

×