Love Selling: Como vender sem ser chato

12 de Março

domingo

09—19h

horário

+ Café da manhã

+ Coffee break

GUAJA

Afonso Pena 2881

10h

carga horária

25 participantes

máximo

R$ 295

primeiro lote (10 primeiros inscritos)

R$ 320

segundo lote

Esgotou ou não vai poder participar dessa vez? Inscreva-se na lista de espera e te avisaremos na próxima turma!

O que é?

Se você é um executivo sênior ou um empreendedor, negociar e fechar vendas faz parte da sua rotina. O mundo está cheio de gente bacana, com projetos e ideias boas que acabam não indo pra frente por falta de “poder de venda”. Nessa hora, alguns segredos e técnicas podem representar o sucesso total do seu projeto, com uma carga mínima de stress.

Basicamente, este é um curso poderoso para quem precisa vender mas odeia ser chato. Retiramos toda aquela agressividade da negociação ruim e reunimos alguns segredos e técnicas poderosos para quem tem à sua frente o desafio de gerar negócios e conduzir clientes, mas odeia a ideia de ser “um vendedor”.

Se você é daqueles que acreditam que o bom vendedor é aquele que sabe liderar o cliente até a melhor solução, respeitando seus sentimentos e ideias, esse é um curso para você.

O que vou aprender?

✓ Entendendo a relação e a comunicação eficaz com o cliente (otimizando a relação, estabelecendo posições e construindo moral).

✓ Mecanismos para estabelecer e justificar valor e preço (de uma maneira que o cliente veja que é justo e que está fazendo um ótimo negócio).

✓ Condução de negociações e conversas (com foco na produtividade, geração de valor e resultados para ambos).

✓ Fechamento de venda e conversa final (sem perder tempo ou energia na hora de fechar o contrato).

O que preciso?

Papel, caneta e vontade de realizar projetos fantásticos.

E quem vai me ensinar tudo isso?

Ricardo Dória aprendeu a trabalhar em um ambiente em que “vender” projetos é a variável mais importante da realização – seja um patrocínio para eventos ou um novo serviço de alguma empresa. Ele é Global Shaper do Fórum Econômico Mundial, empreendedor, fundador da Aldeia Coworking, e co-fundador dA Grande Escola. Graduado em publicidade e mestre em Estratégias de Marketing e Comportamento do Consumidor pela UFPR, estudou Inovação e Design Thinking na Universidade de Stanford, no Vale do Silício.

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Empreendedorismo Criativo

11 de Março

sábado

09—19h

horário

+ Café da manhã

+ Almoço no Bar do Convés

+ Coffee break

GUAJA

Afonso Pena 2881

10h

carga horária

25 participantes

máximo

R$ 360

primeiro lote (10 primeiros inscritos)

R$ 390

segundo lote

Inscreva-se >>

O que é?

No Curso de Empreendedorismo Criativo nós instrumentalizamos pessoas talentosas para que elas coloquem ideias em prática, um passo atrás do outro, sem atropelar a rotina e cometer erros graves.

O caminho do empreendedorismo exige muito mais técnica do que genialidade, e nesse curso explicamos as técnicas que empreendedores experientes utilizam para reduzir o risco de seus negócios, para verificar se uma ideia funcionaria antes de investir e, principalmente, para organizar as tarefas para que o projeto empreendedor se torne um estilo de vida.

Ideias só fazem a diferença quando colocadas em prática. Aqui você aprende como colocar a sua.

O que vou aprender?

Tive uma ideia que pode mudar minha vida
✓ o que é uma ideia de negócio?
✓ como (e quando) defender minha ideia até o túmulo?
✓ como saber se minha ideia é boa?
✓ como minimizar meus erros e conquistar confiança
✓ como transformar paixão e talento em negócio

O mito do empreendedor nato
✓ qual é seu perfil como empreendedor e como complementá-lo?
✓ aprimorando a criatividade
✓ planejando os próximos passos e minimizando os riscos
✓ realizando o que estava no papel
✓ buscando aliados de peso para a ideia
✓ vendendo o seu negócio

Modelagem de ideias
✓ transformando uma ideia em negócio
✓ como fazer com que ideias boas possam ter um modelo financeiro rentável, que garanta o sustento do empreendedor e a continuidade do projeto
✓ ferramentas para ajudar a entender os detalhes de negócio
✓ técnicas e processos utilizados para desenhar e testar negócios
✓ maneiras de reduzir riscos e incertezas antes de colocar o projeto em prática

Plano de ação e produtividade
✓ como sair do curso realizando um passo por vez
✓ como lidar com a burocracia de abrir uma empresa
✓ entendendo como o projeto empreendedor pode encaixar-se em sua rotina e como escolher as próximas atividades para que ele ganhe força rápido

O que preciso?

Papel, caneta e coragem (:

Esse curso é destinado para qualquer pessoa interessada em fazer um talento pessoal virar uma empresa. Você deve estar disposto(a) a separar ao menos duas horas do mês para testar ideias.

E quem vai me ensinar tudo isso?

Ricardo Dória: por sua experiência com empreendedorismo, já foi convidado para palestrar no TEDx, no Pecha Kucha Nights e participar de diversas conferências internacionais, como o Fórum Econômico Mundial. É empreendedor, fundador da Aldeia Coworking e co-fundador d’ A Grande Escola. Graduado em publicidade e mestre em Estratégias de Marketing e Comportamento do Consumidor pela UFPR, estudou Inovação e Design Thinking na Universidade de Stanford, no Vale do Silício. Trabalha com projetos de empreendedorismo, inovação e educação empreendedora. Junto ao SEBRAE, coordena o programa Epifania, onde startups de alto potencial são pré-aceleradas para receber investimentos e ganhar escala.

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


WS PÓS: Pós produção no Photoshop para arquitetura

1 e 2 de julho

sab e dom

14—20h

horário

+ Coffee Break

GUAJA

Afonso Pena 2881

12h

carga horária

24 participantes

máximo

Limpar

O que é?

Os participantes entrarão em contato com a visualização para arquitetura, entendendo diferentes metodologias para a produção de uma imagem. Durante o workshop serão passadas as ferramentas básicas do software e seu modo de utilização otimizado através de exercícios sintéticos. Após o entendimento do processo e da absorção das ferramentas básicas serão pós produzidas imagens em diferentes situações: interna, externa, diurna e noturna.

O que vou aprender?

Nossos workshops passam, de maneira objetiva, metodologias de trabalho desenvolvidas por profissionais que utilizam diariamente o software, sempre focado na produção. O WS PÓS está divido em 4 módulos:

  1. Ferramentas
    Apresentação de interface e ferramentas de software a serem utilizadas.
  2. Aplicação — Transformação Livre, Estilos e Máscaras de Camadas
    Utilização prática de ferramentas para manipulação de camadas.
  3. Estudos de Caso — Metodologias e Mapas de Composição
    Leituras de metodologias de trabalho em exemplos nacionais e internacionais, utilização de mapas de composição.
  4. Pós Produção — Dia & Noite, Chuva & Neve
    Metodologia de trabalho na prática.

O que preciso?

Computador pessoal com Photoshop CS4, CS5 ou CS6 Instalado.
Para baixar a versão teste clique AQUI.

E quem vai me ensinar tudo isso?

Thiago Augustus é arquiteto e urbanista com experiência em visualização para arquitetura, atuando em mercado internacional. É co-fundador do SOLO Arquitetos, escritório de arquitetura com base em Curitiba. Já fez parte da equipe de artistas do estúdio Vyonyx, que tem bases em Inglaterra, França e Croácia. Atualmente faz parte do quadro de artistas do estúdio VDP, que tem bases em Barcelona, Londres e Amsterdã. Já ministrou workshops sobre pós produção em diversas cidades do Brasil, com mais de 500 alunos. Graduou-se em arquitetura e urbanismo na PUCPR em 2012 e, em 2015, foi professor de Meios de Representação e Expressão nas Faculdades Integradas do Vale do Iguaçu. Possui premiações em concursos à nível acadêmico(IGS 2013 – Hamburg), com menção honrosa, em 2012 e à nível profissional(SENGE-RS), com menção honrosa, em 2014.

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Aquarela de Verão

4 de Fevereiro

sábado

9—13h

horário

Café da manhã

GUAJA

Av. Afonso Pena 2881
Funcionários, BH

4h

carga horária

10 participantes

máximo


Formas de Pagamento – via Sympla

  • Cartão de Crédito
  • Débito
  • Boleto Bancário

Preparamos um workshop quentíssimo pra você botar sua cara de artista no sol! A Lara vai ensinar as principais técnicas e tudo que você precisa pra começar a pintar aquarelas e aproveitar os dias de verão pra se inspirar e colocar tudo em prática.

Conteúdo programático:

  • O que é essencial para pintar
  • Principais técnicas de base
  • Escolhendo uma paleta de cores
  • Multiplicando suas tintas
  • Prática guiada para o desenho individual

Materiais:

Fornecidos pelo aluno:
  • Bloco Canson 300g/m2 para Aquarela
    (verificar o termo Aquarela nas especificações do papel – sugestão: linha universitária ou linha Montava da Canson)
  • Estojo de aquarela bisnaga 12 cores (sugestão de marca: Pentel e Sakura)
  • 2 pincéis para aquarela (pequeno e médio)
  • Godê
  • Lápis
  • Borracha
  • Flanela de pano
Fornecidos pelo Professor:
  • Ferramentas complementares para pintura

Lara Dias

E quem vai me ensinar tudo isso?

Jornalista, aquarelista e fotógrafa, Lara Dias acredita que todo mundo deve quebrar barreiras para expandir a criatividade. E aprender novos recursos para criar nunca é demais!
Autora do projeto #dediqueumcartão que incentiva pessoas a trocaram mensagens escritas a mão;
Desenvolve projetos pessoais de ilustração e identidade visual e já trabalhou em parceria com marcas como O Boticário, Farm Rio, Insecta Shoes
É co-fundadora da Bingo (@estudiobingo), produtora de conteúdo criativo

Instagram: @laradias / Youtube: bit.ly/DiasLara

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Workshop de Imagem Pessoal

14 de Fevereiro

terça-feira

19—22h

horário

GUAJA

Av. Afonso Pena 2881
Funcionários, BH

3h

carga horária

40 participantes

palestra


Formas de Pagamento – via Sympla

  • Cartão de Crédito
  • Débito
  • Boleto Bancário

Muito se fala hoje em consultoria de imagem pessoal e personal stylist. Mas você sabe como esse profissional pode lhe ajudar?

Em um mundo baseado em imagens, somos percebidos e julgados pela forma como nos apresentamos. Isso é feito desde o nível pessoal até o profissional. Em uma entrevista de emprego, entre duas pessoas com as mesmas aptidões e talentos, a que estiver mais bem vestida tem chances concretas de se sobressair. Em uma festa ou evento, pessoas seguras e com roupas adequadas à situação sempre parecem mais interessantes. Quem nunca invejou secretamente uma mulher ou homem que todos conversam e se relacionam?

A imagem pode te levar ao sucesso. Ela eleva a auto estima, te dá segurança e ajuda a valorizar o corpo e criar um estilo próprio e diferenciado. E o melhor: não precisa gastar muito nem deixar de ser ser você. A consultoria de imagem vai valorizar os seus pontos fortes, disfarçar os pequenos defeitos e reprogramar o seu modo de ver e sentir. Já se interessou? Então espia:

Podemos falar que a imagem pessoal se baseia em três grandes pilares: Cor, corpo e estilo pessoal. Eu acrescento mais um: boas compras.
Afinal, do que adianta sabermos exatamente qual é a nossa cartela de cores, nosso tipo físico, tudo que posso e não posso usar, ter um super estilo se na hora da compra eu sempre me exalto e faço besteira? Todo o trabalho vai por água abaixo.

E foi assim que surgiu a ideia desse workshop. Nele, vamos bater um papo sobre como se vestir e se sentir melhor. Teremos dinâmicas, consultas expressas e muitas dicas de imagem pessoal e auto estima para você saber se vestir e se portar em qualquer situação. Tudo de maneira prática, objetiva e divertida.

Conteúdo:

  • A importância da imagem
  • Dinâmica: Qual imagem eu passo?
  • Qual o meu estilo?
  • O que é imagem pessoal?
  • Cores
  • Cortes
  • Estilos
  • Dinâmica: Como usá-la na prática

E quem vai me ensinar tudo isso?

Consultora de imagem pessoal e criadora do Dicas da Carol, Carol Meyer escreve há mais de 10 anos sobre moda e imagem para o Estado de Minas, ministra palestras e workshops e tem melhorado a vida de muita gente através da descoberta do estilo pessoal e da valorização do corpo e imagem pessoal. Ama o que faz e quer fazer você se apaixonar… por você!

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Hand-Lettering com Dizeres Imperfeitos

Módulo completo!

Módulo 1:
6, 7 e 8 fev
Seg, Ter e Qua
Horário: 19h30 às 22h30
Carga Horária: 9h

Módulo 2:
6, 7, 8 e 9 mar
Seg, Ter, Qua e Qui
Horário: 19h30 às 22h30
Carga Horária: 12h

Turma: 24 alunos

Posso fazer o Módulo 2 sem ter feito o Módulo 1? Of course! Os módulos foram pensados para atender todas as opções!

Formas de Pagamento – via Sympla

  • Cartão de Crédito
  • Débito
  • Boleto Bancário

Esgotou ou não vai poder participar dessa vez? Inscreva-se na lista de espera e te avisaremos na próxima turma!

foto no Instagram dos resultados do Workshop de caligrafia pela @eumyllet

Módulo 1 – Caligrafia em Brushpen

 O que é?

O curso é voltado para o aprendizado de Caligrafia com brushpen (canetas com pontas que simulam pinceis). O professor apresenta suas técnicas de criação que vão do rascunho a lápis à finalização com canetas brushpen variadas.

O que vou aprender?

O curso é dividido em 3 blocos:

  1. Aprendizado de uso da brushpen;
  2. Aprendizado do desenho do alfabeto (maiúsculas e minúsculas);
  3. Criação individual de um lettering final em caligrafia, aplicando as atividades aprendidas durante o curso.

Materiais

Fornecidos pelo Professor:

  • Apostila
  • Papeis (Sulfite e Canson)
  • 01 caneta Brushpen
  • LápisBorracha macia
  • Papel Manteiga

Fornecidos pelo Aluno:

  • Régua 30cm

foto no Instagram dos resultados do Workshop de lettering pela @carolrossettidesign

Módulo 2 – Desenho Estrutural de Letras

Objetivos do Workshop

O curso é voltado para o aprendizado de metodologias de criação de hand-letterings, através do desenho de letras. O professor apresenta suas técnicas de criação que vão do rascunho a lápis à finalização com canetas nanquim.

Conteúdo Programático

O curso é dividido também em 3 blocos:

1. Apresentação teórica;
2. Atividades práticas de criação dos elementos isolados de um lettering, das palavras aos ornamentos, aprendendo a interagir um com o outro;
3. Criação individual de um lettering final, aplicando as atividades aprendidas durante o curso.
obs: Apenas será apresentada a criação de letras maiúsculas.

Materiais

  • Fornecidos pelo professor:
  • Lápis;
  • Borracha;
  • Caneta nanquim preta 0.1mm;
  • Caneta nanquim preta 0.5mm;
  • Apostila;
  • Papéis (sulfite e canson).

Fornecidos pelo aluno:

  • Régua de 30cm;
  • Materiais de desenho que tenham em casa

Público Alvo

Pessoas de qualquer idade e sexo.

Pré-requisitos

Não existe pré-requisito além da curiosidade e vontade de aprender a desenhar letras.

 

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Oficina de Criação Literária

Antes as palavras eram somente palavras. O poema veio para colocar o sentimento dentro delas.

8 e 10 fev
Quarta e Sexta
Horário: 19h às 22h30

Turma: 50 alunos
Formato: palestra

Carga horária: 7h

Formas de Pagamento – via Sympla

  • Cartão de Crédito
  • Débito
  • Boleto Bancário

A poesia está nos quadrinhos, na Bíblia, no rock, na bula do remédio, na etiqueta do sutiã. Não há como viver sem poesia. Ficamos incomunicáveis. Ela é um atalho da linguagem. Uma simplicidade comunicativa. Foi estigmatizada de difícil, de complicada, de inacessível, mas é o contrário: facilita o entendimento.
No futebol, o narrador morreria descrevendo um jogo. Ai, eu disse “morreria”, desculpa, foi um exagero poético. É uma figura para dizer que ela se cansaria. A poesia exagera ou diminui, para chegar perto da adrenalina do momento. Morreria é uma sensação de ultrapassar os limites. Não é morrer de verdade, morrer literal.
Quando digo que minha mulher me levou aos céus depois de um beijo, eu não fui ao céu e voltei. É a impressão de vertigem do amor. No instante em que Pablo Neruda, poeta chileno Nobel de Literatura, coloca que o cheiro da barbearia lhe faz chorar aos gritos não é para levar a sentença ao pé da letra: ele confessa seu medo da navalha e da tesoura.
De maneira prática e surpreendente, a Oficina de criação literária pretende mostrar que a literatura mais acontece quando não pensamos que é literatura. Vamos capturar a espontaneidade da conversa e da lembrança.

Objetivos

Conscientizar poetas e leitores da importância da brincadeira da linguagem, das inversões do ponto de vista e da alegria de ser o que também imaginamos. Precisamos exercitar a observação da realidade, disciplinar o senso crítico e esclarecer a experiência literária.

Conteúdos Básicos

Identificação ou intimidade. Nomear não é explicar. Falar de si como se fosse um outro – falar do outro como se fosse pessoal. Nadar: Respirar, mergulhar. O argumento do poema. O contra-senso. A história invisível e a surpresa. Os andaimes do verso. O espaço. A atmosfera. A voz do autor e a voz do poema. Contenção e densidade. Linhas narrativas na poesia. Cantar uma história contada. A metáfora e a montagem (o poema é um desenho animado). A oralidade e o ritmo. Persuasão e sedução. Diferenças entre a consciência do poema e a consciência do poeta.

Jogos Criativos

Exercícios práticos como cartas, troca de sapatos, esvaziamento de bolsas, jogo da forca, lista de mercado, relação de objetos perdidos, para acentuar os movimentos de dedução e fantasia literária.

Bibliografia:

 ALVAREZ, A. A voz do escritor. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.
 AUDEN, W. H. A mão do artista. São Paulo: Siciliano, 1993.
 BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. Rio de Janeiro: Eldorado, sem data.
 BAKHTIN, Mikhail. A estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997
 BANDEIRA, Manuel. Testamento de Pasárgada. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2003.
 BLANCHOT, Maurice. A parte do fogo. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.
 CHAVES, Flávio Loureiro. Ponta de Estoque. Caxias do Sul: Educs, 2006.
 FAUSTINO, Mário. Artesanatos de Poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.
 FERREIRA, Vergílio. Um escritor apresenta-se. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1981
 GRAVES, Robert. A Deusa Branca. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.
 HÖRDELIN, Friedrich. Reflexões. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1994.
 JÚNIOR, Davi Arrigucci. Coração partido. São Paulo: Cosac & Naify, 2002
 LUKÁCS, Georg. Ensaios sobre Literatura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1965.
 MERQUIOR, José Guilherme. Verso Universo em Drummond. Rio de Janeiro: José Olympio,1975.
 MICHAUX, Henri. O retiro pelo risco. Lisboa: Fenda, 1999.
 PAVESE, Cesare. O Ofício de viver. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988.
 PERRONE-MOISÉS, Leyla. Inútil Poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.
 POUND, Ezra. A arte da poesia. São Paulo: EDUSP, 1976.
 RICARDO, Cassiano. 22 e a Poesia de Hoje. Brasília: Ministério da Educação e Cultura, 1962.
 SANGUINETI, Edoardo. Ideologia e Linguagem. Porto: Portucalense Editora, 1972.
 SHELLEY, Percy Bysse. Defesas da Poesia. São Paulo: Iluminuras, 2002.
 TREVISAN, Armindo. Reflexões sobre a poesia. Porto Alegre: Inpress, 1993.
 TWAIN, Mark. Dicas úteis para uma vida fútil. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2006.
 UNGARETTI, Giuseppe. Invenção da Poesia Moderna. São Paulo: Ática, 1996.

Sobre Fabrício Carpinejar

Caracterizado por Luis Fernando Verissimo como “usina de lirismo” ou dono de uma influente imaginação destacada por Millôr (“Vai, lê ele, devagar, decifra-o e ele te devora”), Fabrício Carpinejar chama atenção pela contundência e originalidade de suas opiniões.

Nasceu em 1972, na cidade de Caxias do Sul (RS), radicado em Porto Alegre (RS), publicou quarenta livros entre poesia, crônicas, infanto-juvenis e reportagem, detentor de mais de 20 prêmios literários. Atua como comentarista do programa Encontro com Fátima Bernardes da Rede Globo e colunista dos jornais Zero Hora e Globo.

Durante dez anos, de 2001 a 2011, trabalhou na Unisinos, onde foi professor e coordenador de curso e idealizou as graduações de Formação de Produtores e Agentes Literários e Formação de Produtores e Músicos de Rock. Foi escolhido pela revista Época como uma das 27 personalidades mais influentes na internet. Seus guardanapos digitais são uma febre entre os internautas e as suas postagens ultrapassam mais de um milhão de leitores.

Coaching do amor ou mago das palavras, é uma das figuras mais solicitadas por empresas no país para falar sobre criatividade em ambientes de crise e adversidade. Já participou como palestrante de todas grandes feiras e festivais literários do país, como Jornada Literária de Passo Fundo e Festival Internacional de Paraty (RJ).

Com reconhecimento em diferentes áreas, da adulta a infantil, o livro “Um terno de pássaros ao sul” (2000, 3ª edição, Bertrand Brasil) é objeto de referência no Britannica Book of the Year de 2001, da Enciclopédia Britânica, o juvenil Diário de um apaixonado: sintomas de um bem incurável (Mercuryo Jovem, 2008) foi adotado pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), a Menina Superdotada recebeu indicação para o acervo permanente da FNLIJ; e  Filhote de cruz-credo (Girafinha, 2ª edição, 2006), prêmio de melhor livro infantojuvenil da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) em 2012, inspirou duas peças de teatro, adaptadas por Bob Bahlis (POA) e Eduardo Katz (RJ).

Atualmente está em cartaz no Rio de Janeiro a peça “O Amor Perdoa Tudo, inclusive o casamento”, escrita pelo autor em parceria com Claúdia Tajes e dirigida por Ary Coslov. O escritor integra coletâneas no México, Colômbia, Índia, Estados Unidos, Itália, Austrália e Espanha. Em Portugal, a Quasi editou sua antologia Caixa de sapatos (2005) e a Quatro Estações fez a sua versão do livro “Ajude-Me a Chorar”. Na Espanha, a SM lançou “¡La jirafa es mía!” (Edições SM), tradução de Patrycja Katarzyna Jurkowska e ilustrações de Miguel Tanco.

Já foi patrono das feiras dos livros de São Leopoldo (2001 e 2010), Barra de Ribeiro (2002), Esteio (2006), Taquara (2006), Cachoeirinha (2007), São Sebastião do Caí (2007), Lajeado (2007), Niterói/Canoas (2007), Santa Clara do Sul (2008), São Sepé (2008), Garibaldi (2008), Viamão (2009), Torres (2009), Gramado (2010), Carlos Barbosa (2010), Sertãozinho/SP (2010), Três Cachoeiras (2010), Lagoa Vermelha (2011), Venâncio Aires (2011), Camaquã (2011), Arroio do Sal (2012), Candelária (2012), Tapejara (2012), Pinhal (2012), Cachoeira do Sul (2012), Canoas (2012), Arambaré (2012), Vacaria (2013), Bom Princípio (2013) e Gravataí (2015). Indicado a patrono nas edições de 2004, 2005, 2006, 2007, 2012 e 2013 da Feira do Livro de Porto Alegre (RS).

 

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Branding

6, 7, 9 & 10 de Fevereiro

segunda, terça, quinta & sexta

19—22h30

horário

GUAJA

Av. Afonso Pena 2881
Funcionários, BH

14h

carga horária

30 participantes

máximo


Formas de Pagamento – via Sympla

  • Cartão de Crédito
  • Débito
  • Boleto Bancário

Branding não se trata da pura construção de um logo, de um site, de uma identidade. Trata-se da gestão dos valores de uma marca; um processo complexo de pesquisa, análises, diagnósticos e planejamento de um conjunto de ações estratégicas que quando aplicadas de forma eficiente, contribuem para a construção da percepção de um negócio, produto ou serviço, quanto a sua entrega de valores, conforme perfil ou perfis de consumidores a serem atingidos, de modo que eles compreendam corretamente a mensagem que a empresa está transmitindo.

O design e a comunicação são os responsáveis pela entrega correta dessa mensagem, gerada no Plano de Branding, alinhando o correto posicionamento de marca, conforme objetivos de alcance de público e entrega de valor ao mercado. O posicionamento correto, aliado a estratégias eficientes levam ao crescimento do negócio.

É comum as empresas pensarem estar transmitindo uma mensagem e na realidade o público envolvido com a marca (stakeholders) estar percebendo de modo totalmente diferente do previsto. Todo este visa aumentar o brand equity, ou seja, o valor monetário da marca e assim aumentar a importância da empresa no mercado, o valor da Instituição em si.

O que vou aprender?

Os conhecimentos envolvem todo o processo introdutório de branding, desde a descoberta do que é uma marca, do que se trata o processo, até o aprofundamento por meio de detalhamento em questões como:

– O branding muito além do logo – introdução;
– O que é uma marca;
– O que é uma Identidade Visual;
– Introdução à Semiótica;
– Sistemas de Identidade Visual – o que significa;
– Metodologias: Design Thinking entre outras;
– Análise de Posicionamento;
– Análises de Mercado: personas, stakeholders, concorrentes;
– Análises de perfis de comportamento direcionado conforme objetivos;
– Análises Culturais: regiões de atuação da marca, comportamentos, semiótica conforme perfil de público;
– A marca como entidade viva dentro das organizações;
– Os colaboradores como representação da marca;
– A importância do DNA na cultura organizacional;
– Entendendo o mercado, criando uma marca de sucesso;
– Introdução à plataforma de marca, mapas conceituais;
– Design Estratégico;
– Relação do Branding com o Marketing e a Publicidade;
– Vendendo valor ao invés de produto: resultados de sucesso;

Público Alvo

Profissionais de design, marketing, publicidade e comunicação;
Empreendedores, empresários, gerentes;
Estudantes em nível mais avançado nos cursos de Publicidade, Design, Comunicação Social, Relações Públicas e outros que tenham interesse no tema.

Sobre Hanna Castor:

Com experiência nas áreas de Branding, Design e Comunicação, fundou sozinha a Agência ETA em 2012, atuando como Estrategista de Marca, Diretora de Criação, Diretora de Planejamento e Diretora Geral, desenvolvendo também como Diretora de Arte e Designer em projetos de Design, Arquitetura de Informação, UX, para plataformas on-line e off-line, gerenciando e executando processos com equipes multidisciplinares escolhidas a dedo para desenvolverem os mais diversos projetos, de complexidades variadas, produzindo em média em períodos de alta do escritório, até 200 peças/mês, entre pesquisas, planejamentos, design, web e comunicação, gerando resultados reais para seus clientes.

Para desenvolvimento do trabalho utiliza de base metodologias como PDCA, Design Thinking, análise SWOT, CANVAS, Golden Circle, produzindo mapas estratégicos, conceituais, plataformas de marca, etc.

Utilizando como referência essas matrizes, constrói bases próprias de raciocínio lógico/criativo para desenvolvimento e execução de seus projetos. Fez entrevistas para fins de seleção de profissionais, para setores comerciais e de marketing para alguns dos seus clientes, ministrou treinamentos, workshops e palestras cujos temas variaram entre Comunicação Interna, Design Thinking, Branding, Motivação, Atendimento de Qualidade e Vendas.

Lançou recentemente em Belo Horizonte o restaurante Mexicalle, na Alberto Cintra, a gelateria Gusto Mio, no Cidade Nova, o novo conceito de oficina mecânica em BH, Headway – sendo neste último a responsável pelo sucesso digital da página na Redes Sociais, com apenas 1 mês de lançamento oficial – entre outros projetos de sucesso. Atendeu clientes regionais, nacionais e internacionais.

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Retratos Analógicos

3 Turmas

31 Jan, 02 Fev, 03 Fev

19—23h

horário

GUAJA

Av. Afonso Pena 2881
Funcionários, BH

4h

carga horária

15 participantes

máximo


Formas de Pagamento
Sympla

  • Cartão de Crédito
  • Débito
  • Boleto Bancário

Esta oficina propõe uma imersão nos processos e nos equipamentos fotográficos clássicos de captação de imagens, a câmera de grande formato e os seus recursos analógicos, seus efeitos criativos, priorizando o tema: RETRATOS e o ACASO.
O participante é convidado a posar para a produção de um retrato em câmera de grande formato, assim como nos tempos áureos da produção analógica em P&B.
O processo fotoquímico é explorado junto com os participantes de modo criativo gerando um retrato único. Posteriormente a imagem é digitalizada e com aplicativos contemporâneos é finalizada, e esta pronta para impressão ou divulgação nos meios de comunicação.

Todos os participantes recebem posteriormente um retrato impresso em fineart afixado em paspatur!

Cronograma:

Primeiro Momento: Apresentação e compreensão do equipamento e seus recursos.
Segundo Momento: Retratar. Analise da iluminação ideal.
Terceiro Momento: Revelar e positivar os retratos.
Quarta Momento: Uso de apps.

Sobre Alexandre Lopes:

Desde 1985 trabalha com produção de imagem, especialmente Fotografia e Áudio Visual e a mais de 10 anos leciona para graduações como: Publicidade e Propaganda, Jornalismo, História, Design Gráfico, Design de Moda. Formado pela Escola de Design da UEMG e pós-graduado em Artes Plásticas pela Escola Guignard. Atualmente participa de projetos, fornecendo material visual para pesquisas acadêmicas. Leciona para turmas de Design na Universidade Fumec na capital de Minas. Desenvolve também projetos pessoais com a utilização exclusiva de fotografia analógica, com diferentes formatos, processos e suportes. Quer saber mais? Lattes e Studio Oh.

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!


Como DOMINAR suas Finanças Pessoais!

Dias 14, 15 e 16 de Fevereiro
Terça, Quarta e Quinta-feira
19:00 às 22:30

Carga Horária: 10h30

Número de participantes: 24.

Investimento

  • R$ 395.00

O que é

Neste curso vamos explorar o processo de planejamento financeiro pessoal e fornecer as ferramentas indispensáveis para o alcance de seus objetivos, e o dominio completo da suas finanças!

Este curso foi elaborado para todas as pessoas, que independente do seu momento profissional ou financeiro, gostariam de adotar uma postura coerente com seus objetivos, aproveitando todas as oportunidades que o mercado oferece e evitando as diversas armadilhas existentes.
Para isso desenvolvemos uma metodologia simples e acessível a todos, que irão auxiliá-los a solucionar as seguintes questões:

  • Qual é a melhor postura para superar os momentos de dificuldade?
  • O que fazer para obter sobras de recursos no final do mês?
  • Existem empréstimos que não comprometem minha vida financeira? Existe dívida boa?
  • Vale mais a pena alugar ou comprar um imóvel?
  • Como poderei viajar todo ano?
  • Meus filhos terão acesso a melhor formação acadêmica disponível, no mercado?
  • Agora que tenho dinheiro, o que fazer com ele? Como investir?
  • Como identificar, e evitar as armadilhas do mercado financeiro?

Conteúdo

  • Entendendo o Valor do Dinheiro no Tempo.
  • Aprendendo os Princípios da Formação de Poupança e Controle de Gastos.
  • O Processo do Planejamento Financeiro Pessoal.
  • Conhecendo o Perfil de Investimento (Risco x Retorno).
  • Produtos de Investimento e Financiamento.
  • Desenvolvimento do Plano Financeiro Pessoal.

Material Necessário

A calculadora Hp12c não é obrigatória, mas auxiliará no entendimento. Disponível gratuitamente em aplicativos para celulares.

 

E quem vai me ensinar isso tudo?

Ana Paula Baptista Caldeira

Ana Paula Baptista Caldeira é Associada e Diretora Responsável pela Área de Wealth Management da Fiere Investimentos. Idealizadora do site Finanças na Medida Certa. Anteriormente atuou como gerente da área Private do Banco Itaú.  Desenvolveu carreira corporativa ao longo de 10 anos em instituições financeiras nacionais e internacionais, atuando nas áreas de crédito, corporate banking, asset managemenet e varejo.  Ana Paula é Mestre em administração de empresas pela Faculdade de Economia e Finanças Ibmec-RJ, Pós-graduada em finanças pela Faculdade de Economia e Finanças Ibmec-Belo Horizonte e Graduada em Administração de empresas pelo Centro Universitário UNA. Atua como professora de avaliação de investimentos para FGV, planejamento financeiro para FK Partners, FGV e PUC Minas.

Observações

Leia atentamente os Termos & Condições antes de se registrar!