Autor
Flávia Ayer
Jornalista e celebrante de casamentos na Amor Sempre Vivo. Acredito em três verdades absolutas: pessoas precisam ser ouvidas, histórias precisam ser contadas e a razão para nossa existência está em amar e ser amado. É por isso me tornei mais do que jornalista, uma jornalista que conta histórias de amor. Tive clareza desse propósito quando eu e Pedro celebramos nosso próprio casamento. Depois daí não parei mais. Aqui, a repórter dá vazão a tudo aquilo que faz o coração pulsar e mantém o amor sempre vivo.

escritos por Flávia Ayer

4 dezembro — amor
Celebrei meu próprio casamento e me tornei uma “padra”

por

Eu era o tipo de garota que não dava importância para casamento. Nunca acreditei em príncipe, achava que não me encaixava no protocolo da igreja e me sentia deslocada quando, vez ou outra, tentava me imaginar de véu e grinalda. Até o dia em que celebrei o meu próprio casamento.

2 min

Fique sempre atualizado sobre o GUAJA, assine nossa newsletter quinzenal—é grátis:

×