Artigos
Categoria: vida contemporânea

Nó na garganta entre Equador e Colômbia

por

Somos um único povo, mas que divididos por estúpidas fronteiras, nos expulsamos da Venezuela, nos matamos na Síria, nos escondemos em campos de refugiados no Sudeste Asiático, nos perseguimos na África e nos odiamos no Brasil”. A repórter Glória Tupinambás e o fotógrafo Renato Weil, jornalistas a bordo do mortorhome A Casa Nômade, que segue de Belo Horizonte rumo ao Alasca, fazem uma reflexão sobre “privilégios” após experiência na fronteira entre o Equador e a Colômbia.

3 min

17 Abril — vida contemporânea
Yoga para praticar em casa

por

Cuidar da postura é uma atenção que todos deveriam ter. Existem algumas práticas de yoga bem simples, mas efetivas, que podem ser executadas em qualquer lugar, não demandam muito tempo nem equipamentos específicos, e são ótimas para ajudar em questões posturais, amenizar dores nas costas, braços e ombros.

1 min

Marielle, presente! — um manifesto

por

Amanhã, dia 14 de abril, será o marco da passagem de 1 mês desde a execução de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro e representante de importantes movimentos sociais, e do motorista que a acompanhava, Anderson Gomes. Quem mandou? Quantos mais? Até quando? Seguimos sem respostas, mas com a esperança de que a voz […]

5 min

Renascer

por

Como uma mãe recém parida de um parto normal sem anestesia (por escolha, por protagonismo e por natureza), ressignifiquei tudo em mim. Parir dói, dói muito, mas existe uma beleza que vai além do rito ou do simbolismo da chegada de alguém ao mundo.

2 min

Sissy Kelly: violência, ditadura militar, HIV, superações e sorrisos

por

Ela nasceu em Minas, mudou-se quando jovem para o Espírito Santo, e foi parar na Europa. Lá, foi diagnosticada soropositiva e com hepatite. Em Belo Horizonte, se tornou uma ativista pelos direitos das pessoas trans e por moradia. Aqui, comemora o seu aniversário de 63 anos no próximo dia 7. E você está convidado para festejar.

3 min

Algo emprestado e algo azul: o potencial dos armários compartilhados para a sustentabilidade na moda

por

Uma tradição nascida na Inglaterra, ainda na época Vitoriana, afirma que a noiva precisa usar “algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul” durante a cerimônia. Orgulhar-se das heranças de família e compartilhar memórias com amigos talvez seja a maneira mais singela de combater os excessos do consumismo.

3 min

Olhares criativos sobre a cidade

por

Objetos encontrados na rua são dotados de profundidade, uma vez que são fragmentos da vida de pessoas ordinárias: não devem ser vistos como matéria inerte, mas como possuidores de uma fala silenciosa, pois são carregados de histórias e capazes de trazer à tona indícios de outros tempos.

6 min

Cultive bactérias: lactobacilizemo-nos hoje e sempre

por

O que comemos, escolhemos? Da forma que o alimento chega às nossas mesas, sabemos que percurso é esse?

3 min

14 Março — amor + vida contemporânea
Aniversário de Morte: a presença da falta não perdoa

por

Acho que não existe expressão mais sacana que essa: aniversário de morte. E claro que você não perderia o ensejo de fazer piada com isso. Dia 20 de março celebramos a sua vida, para no dia seguinte lamentar o dia que você decidiu zarpar. Um intervalo de 77 anos dos quais eu aproveitei tão poucos.

3 min

Quando a palavra falta, não se mate

por

Parece-me razoável a lógica de que não-gostamos- daquilo-que-não-entendemos. Àquela altura, esse entendimento, em parte controverso em parte preguiçoso, foi o que apontou o caminho amoroso em direção às palavras.

2 min

Saiba antes de todo mundo sobre novos artigos, cursos e mais: assine nossa newsletter quinzenal—é grátis!

×