ARTE (D)E RUA

O ALÉM DO ROLÊ — rodas vivas horizontais de conversa por nós lideradas pra trazer à tona questões relevantes para a cena do entretenimento local — segue cumprindo com o compromisso de instigar reflexões, articular interesses e buscar soluções para as adversidades que permeiam o cenário cultural da nosso país BH! Nossa intenção é proporcionar um espaço de voz e estabelecer um diálogo aberto entre rolezeiros e aqueles que promovem o entretenimento na cidade para juntos, co-construirmos um rolê inclusivo, democrático e representativo.

Esses encontros são uma expansão do projeto GUAJA no Rolê, um guia semanal, de autoria e curadoria do nosso parceiro Gabriel Prata, que a cada semana entrega à cidade um compilado dos melhores eventos, movimentos e acontecimentos que andam lotando a agenda cultural de Belo Horizonte!

Chegamos à sétima edição das nossas rodas de conversa e o tema da vez é “ARTE (D)E RUA”. A data e local já estão confirmados: dia 26/11, segunda-feira, às 19h30, n’A Central (no galpão centoequatro). O objetivo é discutir sobre a recente onda que retomou o valor da Street Art na capital e a revelou como verdadeiro instrumento expressão político-social e de ocupação urbana, ressignificando os espaços públicos. Estamos diante de novas formas de se produzir e consumir arte, e nossa intenção é entender como chegamos até aqui.

Para nos dar o drive certo, convidamos representatividades da cena que sacam tudo de Arte de Rua: Juju Flores (CURA – Circuito Urbano de Arte); Binho Barreto (artista visual, ilustrador, pintor, muralista, professor e um dos idealizadores do Bazar da Junta); Bernardo Biagioni (Instituto Amado); Ivan Neves e João Pedro Ilanes (Museu de Rua), Maria Silvia (Coletivo SAN.GRIA) e João Perdigão (historiador e jornalista).

O ALÉM DO ROLÊ tem o incentivo da GoFree, plataforma de eventos que vê como de suma importância o fomento da cultura local! Além disso, temos o apoio da BaerMate, que a cada encontro distribuí algumas garrafas pros primeiros convidados que forem chegando, e, ainda, d’A Central, que cede seu espaço para que os eventos aconteçam. SÓ FORÇA!

Tá afim de entender melhor o universo da Street Art, se inspirar com histórias e saber como chegamos até aqui? Se inscreva gratuitamente e chega mais! Bora assumir o papel de protagonista na nessa construção cultural coletiva!

Quando

novembro 2018
domsegterquaquisexsáb
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

19h30 — 22h

Convidados confirmados

Juju Flores



Juliana Flores é editora e produtora cultural. Fundou a Aletria há 10 anos, editora especializada em literatura infantil. Há um ano abriu a Pública Agência de Arte com Janaina Macruz, agência que realiza o CURA e outros projetos de arte pública. É uma das idealizadoras do CURA - Circuito Urbano de Arte e agente do pintor mineiro Thiago Mazza.

Binho Barreto



Binho Barreto é artista visual, participa de projetos interdisciplinares e desenvolve pesquisas com desenho e processos digitais. Recentemente publicou o livro Perímetro Urbano (com crônicas a partir de suas experiências com o graffiti). É formado em Artes Plásticas pela Escola Guignard/UEMG, com mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela UFMG — atualmente é doutorando. Participou das residências artísticas Repia (em BH), RAM5 (na cidade de Altamira, MG) e Agora International Art Action (em Bela Crkva, na Sérvia). Já expôs em mostras individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Vive e trabalha em Belo Horizonte.

Bernardo Biagioni



Bernardo Biagioni é escritor, fotógrafo, curador e corredor. Formado em Jornalismo pela PUC Minas e pós-graduado em Arte Contemporânea pela Escola Guignard. Atleta esporádico e autor do livro Tempos Estranhos, durante cinco anos foi colunista de viagens e assinou reportagens do Brasil e do mundo. Atualmente é curador da Galeria de arte quartoamado e diretor de conteúdo do Instituto Amado - duas iniciativas que desenvolvem projetos para tornar as artes plásticas mais presentes no cotidiano das cidades. Desde 2017 desenha e articula o Calma Clima, um projeto de corridas e caminhadas que explora BH e seus entornos invisíveis.

Ivan Neves



Ivan Neves, 26 anos, estuda hip-hop como hobby desde bem pequeno. O interesse genuíno em participar ativamente no setor sociocultural de sua cidade juntou-se a esse hobby e culminou na idealização do Museu de Rua. Principais influências: Native Tongues e Universal Zulu Nation.

Maria Silvia



Maria Silvia é designer, produtora e curadora. Graduanda no curso de design gráfico pela ED-UEMG, no ínicio deste ano se tornou responsável pelo espaço físico da galeria quartoamado, e em outubro idealizou o projeto san.gria - iniciativa que busca incentivar e valorizar mulheres artistas e produtoras locais da cena independente da cidade - de modo à alcançar e incentivar o maior número de pessoas ao nosso redor. " SANGRIA teve início em mim, após passar por um processo de entendimento e confronto de violência doméstica, e no momento em que poderia ter ficado sozinha, encontrei uma rede enorme de apoio de mulheres, as quais me deram e tem me dado força para, acreditar que precisamos cada vez mais, ocupar espaços para nos manifestarmos por meio das artes, buscando unir o sensível e o político.”

João Perdigão



João Perdigão é um jornalista que trabalha como pesquisador, escritor e arte-educador. Seu primeiro livro foi "O rei da roleta: a incrível vida de Joaquim Rolla" (2012), feito em parceria com Euler Corradi. A convite da Coleção BH, A Cidade de Cada Um, escreveu Viaduto Santa Tereza (2016), que além de contar a história do lugar apresenta um panorama da cultura urbana contemporânea da cidade. Atualmente trabalha na biografia do pintor Alberto da Veiga Guignard, que será lançado em 2019 pela editora Autêntica. Desde 2010, é co-editor da revista A Zica, que a cada edição pauta três temas provocativos. A Zica tem colaboração de artistas gráficos, ilustradores, quadrinistas e escritores contemporâneos.

Onde ocorre

A Central

Praça Rui Barbosa — Centro
Belo Horizonte — MG, 30160-000

Mostrar no Google Maps

Participe pela GoFree

Não perca a chance

Este é apenas um de uma série de encontros que organizaremos até o fim do ano! Se não rolou dessa vez, preencha os campos abaixo e seja o primeiro a saber dos próximos encontros!

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se