Entenda seu público a partir do seu produto

 

Receba artigos sobre trabalho semanalmente em sua caixa de entrada!

×

O sucesso de uma estratégia de comunicação contemporânea e realmente eficiente depende diretamente do quanto você conhece as pessoas com quem quer falar. Uma boa estratégia de marketing digital deve ser focada no público que você deseja atingir, uma vez que orientar toda sua estratégia para atender um público-alvo amplo e variado torna a sua comunicação genérica ou até mesmo equivocada.

Neste sentido, personas auxiliam muito a criação de conteúdos de marca realmente relevantes, na construção de produtos interessantes e serviços que realmente façam sentido na vida das pessoas. Se você tem clientes ou consumidores antigos, juntar dados relevantes sobre eles pode ser um bom caminho para começar a construir a persona do seu negócio.

Mas, o que você deve fazer se não tem esse histórico ou não sabe se ele condiz com a sua realidade atual? Imagino que você poderia sentar comigo para um café e contar tudo a respeito do seu produto. Acertei?

Toda fonte de inbound marketing recomenda que você desenvolva buyer personas para o seu público-alvo e já vou logo te contando que uma buyer persona nada mais é do que uma representação das preferências e comportamentos do seu público nos momentos em que eles compram e interagem com seu negócio.Por isso, não seria errado afirmar que, entendendo mais sobre a relação deles com o seu produto, você consequentemente estará se aproximando não só do perfil, mas também das atividades de consumo destes usuários.

Quando você fizer um rascunho das suas personas pela primeira vez, você estará se baseando em suposições e especulando o comportamento de compra delas, mas essa abordagem possui limitações.

Assim, selecionei 5 perguntas simples que vão te ajudar a definir que tipo de pessoa se beneficiaria com o seu produto ou serviço:

O que o seu produto/serviço faz pelos seus consumidores?
Seja franco! Como ele melhora a vida deles na prática?

Quais são os benefícios do seu produto/serviço?
Quais são as necessidades reais dos consumidos que o seu produto atende? Explique como ele satisfaz essas necessidades melhor do que os concorrentes.

Onde estão localizados os seus consumidores?
Identifique a localização deles e onde eles irão comprar o seu produto.

Em qual fase da vida eles estão propensos a comprar o seu produto?

Descreva as experiências de vida ou de trabalho que motivam o seu público a comprar. Quais são os argumentos de venda que os convence?

Qual é a estratégia de compras deles?
Explique o processo de compra do seu produto. Ele tem muito similares no mercado? Seu público sabe disso?

Não faça suposições sobre suas buyer personas – pelo menos não até ter coletado dados – e confirme-as com dados demográficos, entrevistas e resultados de pesquisa. Lembre-se que quando você entra em contato com os seus consumidores, eles irão praticamente fornecer um guia de como você pode fazer marketing para eles.

Por fim, mas não menos importante, não abandone as suas personas após a fase de planejamento e também não esqueça de atualizá-las. Conforme o tempo e a tecnologia mudam, os hábitos de compra dos consumidores e seus desafios também se transformam. Todos os dias, novos negócios tentam tomar o seu lugar no mercado. Mantenha sua vantagem competitiva entendendo melhor quem consome de você.

Autor
Publicitário, analista de mídias sociais e administrador de formação, com especialização também em processos criativos. Criou o LAB31 em 2016, que funciona como um laboratório de ideias para empoderar as pessoas em seus negócios, ensinando e dando autonomia em forma de conhecimento.

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Você vai gostar

13 novembro — trabalho

O que é Inbound Marketing e será que serve para meu pequeno negócio?

por

Muitas pessoas confundem Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing, como se fossem sinônimos: entretanto Inbound Marketing é parte de… continue lendo ▶︎