Além do Rolê #5 — Escuta as manas!

 

Receba artigos sobre além do rolê semanalmente em sua caixa de entrada!

×

O ALÉM DO ROLÊ — nossa roda viva no melhor estilo Leda Nagle — segue firme com o compromisso de propor à cena cultural da cidade debates sobre temas relevantes para se desmistificar, refletir e buscar soluções para os desafios que se apresentam para o entretenimento local! Nosso objetivo é estabelecer trocas profundas entre os rolezeiros e os agitadores culturais que fazem e acontecem na nossa Belô! Esses encontros, além de preparar o solo pra galera que pretende se profissionalizar na indústria do entretenimento, vêm articulando interesses e gerando frutos bastante promissores pro cenário local!

Nosso último painel, que contou o tema “MANAS NO ROLÊ”, rendeu uma bela discussão e os highlights do que rolou por lá você encontra no textinho foda confeccionado pela jornalista Stella Nardy, membro cativo da equipe de comunicação do GUAJA! Além disso, como de praxe, colhemos algumas palavras das nossas convidadas de honra! Só mulherão da porra! Gabi Nas (DJ e Festa BATEKOO BH), Fernanda Azevedo (produtora de eventos), Carou Araujo (DJ, musicista, produtora musical, produtora executiva e idealizadora da Festa Transa), Paola Afrodite (Afrodite Studio de Dança) e Bela Stu (Casa de Referência Tina Martins, Movimento de Mulheres Olga Benário e Bloco ClandesTinas) deram uma palinha sobre como o protagonismo da mulher vem se construindo na cena do entretenimento na cidade, seus desafios e receptividade!





De antemão já deixo o convite pro nosso próximo ALÉM DO ROLÊ (#6) já tem data e tema definidos: será dia 06/11, terça-feira, e colocaremos em pauta “CARNAVAL: PARA ONDE VAMOS?” (www.guaja.cc/alem). Em tempos de resistência, já é hora de falar dessa movimentação político-festiva e que coloca BH nas cabeças como um dos principais destinos carnavalescos do país!

Fica aqui meu salve pra nossa incentivadora GoFree, plataforma de eventos entrou nessa com a gente pra botar lenha na fogueira cultural! Meu obrigado também à BaerMate, que vem nos apoiando com a distribuição desse elixir a cada encontro!

Só amor e ansiedade por aqui.

A gente se vê!

Autor
Aquariano de nascença, curioso na essência, articulista por acaso, rolezeiro por paixão. Percebo que é no encontro da escrita com a rede que o rio se torna oceano, que nos identificamos, nos conectamos. O "estar" é o novo "ser", a quinta é a nova sexta, os clichês “propósito" e "empatia" fazem mais sentido que nunca. De que vale escrever se não for pra dividir? De que vale dividir se não for pra construir? Juntos. Vamos?

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se
Você vai gostar

Dia, noite, curso, treinamento…

O que você quiser a gente realiza. Faça seu evento no GUAJA! Reservar agora

Não sabe o que fazer em BH?

Resolvido! VEJA O GUIA