Clube do Livro — Na minha pele

Para o Clube do Livro de maio, estiveram em votação as obras Na minha pele (2017), de Lázaro Ramos, e Sei porque canta o pássaro na gaiola (1969), da escritora americana Maya Angelou, ícone da luta feminista e negra nos Estados Unidos.

O resultado foi um empate técnico, portanto, as duas obras serão discutidas. Um enfoque maior será dado ao livro de Lázaro Ramos, por se tratar de uma publicação nacional mais acessível e contemporânea. Então, se você quiser escolher um dos títulos, a gente recomenda que seja Na minha pele, que terá uma discussão mais ampla.

Em Na minha pele, o autor compartilha passagens de sua vida, enquanto reflete sobre a pluralidade cultural, racial, étnica e social num mundo preconceituoso. Sua narrativa traz questionamentos sobre o valor que se dá a alguém de acordo com seu tom de pele ou seu gênero, sempre a partir das próprias experiências.

A participação é gratuita, basta chegar! Quem media o encontro é Sabrina Abreu — que concebeu o Clube. Nesta edição, Karla Lopes comenta e articula um bate-papo entre os leitores e leitoras.

 

maio 2018
domsegterquaquisexsáb
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031 

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se