E se você aprender a ganhar dinheiro com o que sabe?

 Foto: Camila Rocha

Receba artigos sobre negócios semanalmente em sua caixa de entrada!

×

Foi essa a pergunta que me fiz em 2011, quando percebi que eu tinha um conhecimento caro: Marketing Digital. Hoje, oito anos depois, lanço meu primeiro curso para ensinar outras pessoas a criarem seus próprios cursos e complementarem sua renda, ou até mesmo mudar de carreira, como eu fiz. Como foi que cheguei até aqui?

Quando recebi o primeiro salário da minha vida, lá nos idos 2001, investi ele inteiro em um curso de lógica da programação e Delphi. Durante esse intervalo de dez anos trabalhei em help desk de software, dei treinamentos de software, aprendi várias linguagens de programação, fiz faculdade de publicidade e propaganda. Havia acabado de assumir o desafio de criar o setor de comunicação digital da agência de publicidade em que trabalhava quando me dei conta que quase ninguém sabia como fazer comunicação digital. Me matriculei num MBA em Gestão Empreendedora em Marketing Digital em 2012 para aprender.

Em 2014 uma amiga me pediu para ensiná-la o que eu sabia sobre Marketing Digital. Resolvi criar um curso, e em parceria com o Lucas Durães, criei meu primeiro curso livre, no então Guajajaras Coworking. Desde 2012 já ensinava essa disciplina na PUC Minas, e já havia entendido que eu precisava aprender muito mais sobre como ensinar para ser uma professora melhor. Depois de questionar meus valores e objetivos profissionais resolvi me jogar num ano sabático, fazer um programa de hackschooling (quê?), aprender meditação, comunicação não-violenta. Finalmente cursei disciplinas no mestrado em Educação Tecnológica no CEFET, e criei, desde 2016, mais de 30 edições dos cursos de Marketing Digital e de Mídias Sociais em BH, aqui no GUAJA, e em Brasília, no Manifesto Coworking.

Com a galera do UnCollege (o programa de hackschooling) no Festival Path, em 2015

Comecei a receber novamente pedidos de amigos para que eu lhes ensinasse o que eu sabia: como criar um curso livre. Quando deixei meu último emprego em uma agência de publicidade, em 2015, para fazer um ano sabático (financiado pelo carro que havia pago entre 2010 e 2015), sonhava com a possibilidade de poder viver de ensinar o que aprendo. Me apliquei em aprender como ser empreendedora, e desde então, minha carteira só é assinada pelas instituições de ensino em que ministro disciplinas. O grosso da minha renda vem dos meus cursos. E a média mensal líquida do que eu ganho é maior do que meu último salário em um trabalho de 44 horas semanais.

Eu confesso que se fosse eu aí no seu lugar acharia essa história boa demais pra ser verdade. E eu só acredito nela porque eu a vivi (e não contei aqui os perrengues do caminho – não caberia num post só). Pela primeira vez tive IR a pagar em vez de a restituir. Sei que isso não é exatamente uma notícia boa, mas é uma conquista. Da menina que em 2005 juntava grana de dois meses de salário para pagar uma mensalidade da faculdade para a mulher empreendedora que trabalha onde quiser, como quiser, na hora que quiser, fazendo o que mais gosta, e ganha mais do que o melhor salário que já tinha ganho na vida.

O trabalho de ser professor é muito maior do que apenas dar um curso livre, e tenho certeza que ainda tenho muito a aprender. Mas como meu propósito é ensinar o que vou aprendendo pelo caminho, criei um curso de fazer curso. Para você que quer complementar a renda do trabalho com um curso livre (meu curso em 2014 tinha esse objetivo), que sempre recebe pedidos de amigos e colegas de trabalho para que lhes ensine algo. Para você professor, que infelizmente nesse país é extremamente desvalorizado e que ganha muito menos do que merece. Esse curso é para ajudar vocês a criarem seus próprios cursos. Deu muito certo comigo. Vem que quero te ajudar a pensar, criar e vender seu próprio curso. 🙂

A primeira edição está com valor super promocional e vai acontecer em dois sábados. Confira as datas, valores e inscreva-se em guaja.cc/ensinar

Autor
Sou graduada em Publicidade e Propaganda, tenho um MBA em Gestão Empreendedora em Marketing Digital e tenho mais de 14 anos de experiência. Meu negócio é o Ainda Que Tardia (aindaquetardia.com.br), uma escola de cursos pra aprender a ser livre. Atualmente tenho dois cursos acontecendo: Mídias Sociais (guaja.cc/cursos/midias) e Marketing Digital (guaja.cc/cursos/mktdigital), ambos voltados para o pequeno empreendedor. Sou professora de pós graduação na PUC Minas, na UNA e no UNIBH. Também faço cursos sob encomenda e sou palestrante.

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se
Você vai gostar

procurando um serviço de impressão?

a Futura Express também está no GUAJA! Nossos novos parceiros oferecem entrega grátis todos os dias no GUAJA. conhecer a Futura Express