Gerente de Comunidade, Relações Públicas, Social Media… É tudo a mesma coisa?

 

Receba artigos sobre comunicação semanalmente em sua caixa de entrada!

×

Umas das primeiras coisas que notei quando comecei a trabalhar com comunidades online foi o quanto a função do Community Manager (Gerente de Comunidade) é má compreendida aqui no Brasil.
Claro, esse é um mercado jovem por aqui, então é de se compreender que a rotina do Community Manager seja um mistério para a maioria das empresas. Mas existem dezenas de artigos em blogs de carreira e marketing que falam sobre essa profissão atribuindo responsabilidades que não são desse profissional.

A confusão que mais aparece nas minhas pesquisas é entre as funções do Gerente de Comunidade, do Relações Públicas e do Social Media. Pesquise “emprego community manager” no Google e veja você também.

O problema disso está no momento em que você contrata um precisando de outro. Porque não, não é tudo a mesma coisa. E sua empresa não obterá os resultados esperados se não entender essas diferenças.

O que esperar de um Relações Públicas

O Relações Públicas é o guardião das comunicações de uma empresa. Suas funções principais são alinhar o discurso e trazer boa visibilidade para a companhia, de forma que ela seja bem vista interna e externamente.

Dentre outras coisas, você pode esperar de um RP:

  • ações de comunicação interna, como newsletters e murais para os funcionários;
  • promoção dos eventos da empresa, sejam públicos ou privados;
  • organização da participação da empresa em eventos externos, como feiras, conferências, entrevistas, palestras, entre outros;
  • gestão de crise, quando a empresa enfrenta problemas de imagem;
  • e, principalmente, menções positivas sobre a empresa e seus produtos nas mídias tradicionais.

O que esperar de um Social Media

Já o Social Media é responsável pela gestão das redes sociais de uma empresa. Ele planeja e executa ações no Facebook, Instagram, Twitter, etc.; de acordo com o objetivo de marketing da companhia no momento.

Você pode esperar de um Social Media:

  • criação de conteúdo próprio para as redes sociais, como imagens para o Facebook e vídeos para o Instagram;
  • geração de tráfego para o site da empresa, promovendo os conteúdos do site para os seguidores e convencendo-os a visitá-lo;
  • geração de oportunidades de negócio, divulgando promoções, produtos ou landing pages nas páginas da companhia;
  • gestão da imagem da empresa nas redes sociais, respondendo comentários e mediando pequenas crises;
  • e, é claro, o engajamento e crescimento da sua audiência nessas mídias!

O que esperar de um Community Manager

Por fim, o Gerente de Comunidade é responsável por desenvolver a conexão entre os membros de um grupo externo, atrelado à sua empresa. Seu trabalho é criar e executar estratégias para o crescimento saudável do grupo, com o objetivo de transformar os membros existentes em promotores superengajados, que participam e ajudam a comunidade.

Você pode esperar de um Community Manager:

  • ações de acolhimento dos novos membros, para que se sintam realmente parte do grupo;
  • acompanhamento permanente dos membros antigos, para que sigam satisfeitos e engajados;
  • promoção de conversas e mediação de discussões, garantindo que o grupo seja sempre um ambiente saudável e propício à interação;
  • criação de conteúdo próprio para os membros da comunidade, como webinars, playbooks, eventos e fóruns;
  • resolução dos problemas dos membros do grupo, seja respondendo um SAC ou propondo ações para a empresa;
  • e, por fim, a criação de programas de reconhecimento dos membros e indicação, para estimular o crescimento boca a boca da comunidade.

Como você pôde ver, todas as funções do Community Manager passam de alguma forma pelo trabalho de relações públicas, já que ele deve resguardar a imagem da empresa junto aos membros do grupo.

Uma vez que muitas comunidades online estão alocadas nas mídias sociais, também é comum que o Gerente de Comunidade faça as vias de Social Media e cuide do Facebook ou Instagram da empresa.

Mas, acima de tudo, o profissional de comunidade trabalha para que você tenha um grupo de pessoas lá fora conversando e se ajudando, como parte real da sua empresa.

Então, reflita sobre as necessidades da sua empresa no momento e escolha com cuidado o profissional certo para atendê-las.

*Esse texto foi originalmente publicado no Construindo Comunidades.

Autor
Jornalista pela UFMG, marketeira por vocação, entusiasta de gamification e focada em melhorar o relacionamento entre marcas e pessoas por meio do Marketing de Comunidade! Atuo com Marketing Digital desde 2014 e acumulei experiência nas áreas de redação para web, mídias sociais, email marketing e geração de leads. Comecei a trabalhar com a Comunidade de Freelancers da Rock Content em 2017, me apaixonei pelo assunto e venho me especializando em Marketing de Comunidade desde então. Outros assuntos que me interessam são: saúde mental, jogos de RPG, UX, service design, user onboarding, suporte 2.0 e customer success.

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se
Você vai gostar

Dia, noite, curso, treinamento…

O que você quiser a gente realiza. Faça seu evento no GUAJA! Reservar agora