Autor
Hanna Litwinski

Sou a rapa do tacho de uma família mineira de cinco filhos. Apareci por descuido e cresci despercebida, num universo de adultos. Aprendi quase tudo através da observação e da imitação. Este relativo descampado social me brindou com uma vastidão no campo da imaginação. Passei a habitar o mundo das palavras e por isso fui uma criança com vocabulário e repertório incomuns. A inadaptação fez surgir uma habilidade que me permitiu criar pontes e afetar as pessoas através da minha escrita. Quando me dei conta disso me senti segura. A escrita, para além da necessidade, passou a ser o meu modo de existência.

artigos de Hanna Litwinski

A dialética entre viver e ser gourmet: onde foi que a gente se perdeu?

por

Em algum momento a gente resolveu cobrir o mundo com uma nova roupagem. Ficou mais bonito, mais agradável. Então, foi se acostumando a ver tudo e todos paramentados dessa forma. Com isso passamos a ter muita dificuldade em acessar (e aceitar) o mundo de cara lavada. Sabe quando somos crianças e brincamos de “vamos fazer de mentirinha”? Acontece que gente se viciou nisso e a brincadeira foi perdendo a graça.

4 min

18 Janeiro — trabalho + vida contemporânea
Hanna Litwinski: comer, escrever e criticar

por

Nunca gostei de Curriculum Vitae, aliás acho difícil alguma coisa em latim conseguir ser atraente e não cheirar à naftalina. Resolvi então me apresentar em forma de bula, sim bula de remédio, porque acredito que não existe nada mais honesto e didático no mundo. Se você é do tipo compulsivo afetivo apegado não venha colocar suas fantasias na minha conta, ok?

5 min

cursos de Hanna Litwinski

Fique sempre atualizado sobre o GUAJA, assine nossa newsletter quinzenal—é grátis:

×