Autor
Marina Reigado

Sou psicóloga e psicanalista e adoro escrever sobre os encontros humanos que vivencio no consultório. Esses encontros têm sido uma oportunidade de pensar (e repensar) a vida.
Acredito que o trabalho no consultório tem sempre um potencial político e de promoção da liberdade e da defesa de que cada pessoa, cada paciente, que cada um de nós tem o direito de ser e viver da sua forma e maneira.
Trazer um pouco das reflexões sobre as pessoas, a partir do que acontece nas quatro paredes do consultório tem sido a minha proposta e exercício diário! Por aqui nada de uso de jargões, diagnósticos ou receitas de como se deve ser ou viver. A proposta é oferecer uma abertura para reflexões que nos ajudem a aprofundar em nós mesmos e em nossa complexidade.

artigos de Marina Reigado

27 fevereiro — sem categoria
Qual sua responsabilidade na desordem da qual você se queixa?

por

Frase famosa do doutor Freud que nos questiona sobre qual é a nossa responsabilidade sobre o nosso próprio sofrimento. Essa pergunta é o motor da análise e coisa que eu e meus pacientes conhecemos de perto! Mas, ao falar de desordem, Freud me faz pensar também em um aspecto mais concreto e real da palavra […]

2 min

cursos de Marina Reigado