Clássico: aprenda a fazer o Montezuma, burger do GUAJA, com o chef Pedro Mendes

 

Receba artigos sobre gastronomia semanalmente em sua caixa de entrada!

×

Pedro Mendes, chef aqui do GUAJA e criador das receitas de todos os burgers servidos no nosso cardápio, passou a receita do clássico burger Montezuma, já consagrado e querido pelo público. Você não vai perder essa chance, né?

“No GUAJA a gente trabalha com diferentes tipos de burger, e o do Montezuma é um bem clássico. Vamos usar ingredientes simples da cozinha americana, que juntos têm muita harmonia.

Ingredientes:

  • Cebola roxa
  • Vinagre
  • Açúcar
  • Mostarda
  • Limão
  • Ovos
  • Óleo
  • Bacon
  • Contra filé e fraldinha
  • Sal e pimenta
  • Cheddar cremoso
  • Pão australiano

Modo de preparo:

Antes de tudo, você tem que saber que um dia antes é preciso preparar o picles de cebola. Você deve cortar a cebola em pétalas e colocar num recipiente. Vamos ferver vinagre, água e meio copo de açúcar, jogar fervendo em cima da cebola e deixar descansando até o dia seguinte. Essa cebola dura até 3 semanas na geladeira.

Vamos agora preparar a maionese e o bacon. O bacon é só deixar no forno até dourar. Enquanto isso, vamos fazer a maionese. Uma colher de mostarda, meio suco de limão e duas gemas. Vamos emulsionar com óleo até ficar na consistência e depois a gente tempera.

Pro blend de carne a gente vai usar contra filé e fraldinha. Vamos selar o blend na chapa bem quente com um fiozinho de óleo e colocar sal dos dois lados. Só temperamos com sal e pimenta. Quando tiver chegando no ponto, coloca o cheddar cremoso por cima, espera derreter, e coloca o bacon. O pão australiano você pode escolher colocar na chapa ou no forno, e aí é só montar. Se quiser um acompanhamento, sugiro batatas rústicas: basta cozinhar bem com casca e depois descascar e fritar. Simples.”

E aí, o que acharam? Para aprender direitinho, temos a receita também em vídeo. Confira a seguir e aproveite para se inscrever no canal do YouTube do GUAJA 🙂

Autor
A paixão pela palavra — escrita, falada ou não-dita — fez de mim jornalista e publicitária pela UFMG. Nos encontros me redescubro, nos desencontros me reinvento e nas experiências me multiplico e inspiro para ir sempre além. Deixo um pouco de mim em tudo o que faço, e levo um pouco de tudo dentro de mim.

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Você vai gostar

17 fevereiro — gastronomia + vida contemporânea

A urgência do para sempre e o bolo fofo que você respeita

por

Entre o vestibular, o relógio biológico e a casa própria, quanto você conseguiu descobrir sobre quem realmente é? Aqui, uma receita… continue lendo ->

Gabriel Pereira: quando o amor de Deus é interpretado como intolerância às diferenças

por

Hoje vocês vão conhecer um pouco da história do Gabriel Pereira. Nascido em uma família muito religiosa, ele nos conta como o “amor… continue lendo ->