Ócio Criativo

 

Receba artigos sobre cultura semanalmente em sua caixa de entrada!

×

Em 2019, o Brasil teve 140 milhões de usuários nas redes sociais – 130 milhões no Facebook; 69 milhões no Instagram. O Brasil é o terceiro país em uso de internet móvel no mundo – fica atrás da Tailândia e das Filipinas. Brasileiros passam, em média, 4h45min por dia na internet com seus dispositivos móveis. Atualmente, existem 1,9 bilhões de sites. Como lidar com tanta informação que chega pelas mídias digitais?

Desligar, refletir, pensar. E tentar deixar de lado a bolha criada pelos algoritmos.

O Ócio Criativo foi pensado para compartilhar conhecimento. Esqueça a sala de aula. Propomos um diálogo sobre temas da cultura conectados com o mundo atual. Um espaço democrático em que pequenos grupos vão ouvir e também falar.

A ideia é simples: os encontros serão semanais, às segundas-feiras, um dia ótimo para abrir a cabeça e colocar os pensamentos para fora. Para o ano de 2020, propomos uma imersão em temas tanto globais quanto locais. Afinal, é falando da nossa aldeia que falamos com o mundo, não é?

Para começar 2020

Oscar

Começo de ano é sempre uma época maravilhosa para ir ao cinema. Os candidatos ao Oscar (a premiação, salvo raras exceções, é sempre promovida em fevereiro) dominam a programação das salas. Pois por que esse prêmio, que já alcançou 90 anos, continua sendo relevante com tantas mudanças no mundo?

O que os escolhidos pela Academia de Hollywood conseguiram revelar sobre a política e a sociedade? Acusada de racismo e de supervalorizar profissionais homens, a Academia vem apostando na diversidade para continuar relevante. O que aconteceu com Hollywood após o MeToo?

Estes são alguns dos temas que serão tratados no curso. É claro que ao longo de três encontros também vamos nos aprofundar nos principais candidatos da edição 2020 do Oscar. Afinal, a premiação está logo ali, em 9 de fevereiro.

Ao longo do ano

Séries

O que Walter White, Tony Soprano e Frank Underwood, anti-heróis que amamos odiar, têm a dizer sobre o entretenimento para o grande público? A evolução das séries de TV: como histórias curtas, com risadas ao fundo, deram lugar a narrativas elaboradas, de longa duração. Por que o melhor da dramaturgia está na TV e não no cinema? Como o streaming mudou a maneira de assistir TV?

BH e os escritores

Através da literatura, Belo Horizonte se desdobra em várias cidades. Conheça a BH dos modernistas do Café do Ponto, capitaneados por Carlos Drummond de Andrade; dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse (Fernando Sabino, Hélio Pellegrino, Otto Lara Resende e Paulo Mendes Campos); das mulheres que fizeram história e contaram estórias (Henriqueta Lisboa, Alaíde Lisboa e Lúcia Machado de Almeida).

BH e a música

O que Sepultura, Skank, Djonga e Rosa Neon têm em comum além de BH? Sempre reverenciada pelo Clube da Esquina, a capital mineira continua sendo palco de novos artistas e bandas autorais. Evolução do cenário da música, relação dos artistas com a cidade e como é ser independente em 2020.

Ócio Criativo é uma parceria do guaja.cc com

Mariana Peixoto
Jornalista com 20 anos de experiência em cobertura cultural. Repórter do caderno EM Cultura, do jornal Estado de Minas, com ênfase em música e cinema. Ministra a disciplina Música brasileira na pós-graduação Gestão de Projetos Culturais do IEC-Puc Minas. Graduada em Jornalismo pela Puc-Minas e pós-graduada em Produção e Projetos Culturais pelo IEC-Puc Minas.

Helvécio Carlos
Com 30 anos dedicados ao jornalismo, é desde 2001 titular da coluna Hit, do jornal Estado de Minas. O colunismo social o levou à promoção de eventos. Hoje também assina uma coluna na Revista Encontro. Entre 2011 e 2017 foi editor da revista Hit, publicação de lifestyle.

Autor
Jornalista com 20 anos de experiência em cobertura cultural. Repórter do caderno EM Cultura, do jornal Estado de Minas, com ênfase em música e cinema. Ministra a disciplina Música brasileira na pós-graduação Gestão de Projetos Culturais do IEC-Puc Minas. Graduada em Jornalismo pela Puc-Minas e pós-graduada em Produção e Projetos Culturais pelo IEC-Puc Minas.

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se