Prazer: ALÉM DO ROLÊ!

 Foto: Camila Rocha/Estático Zero

Receba artigos sobre além do rolê semanalmente em sua caixa de entrada!

×

O braço cultural do portal guaja.cc teve sua grande estreia no início do ano com o guia do Carnaval de BH 2018 e vem tomando formas cada vez mais definidas. A partir do GUAJA no Rolê, guia semanal de minha autoria, passamos a mergulhar fundo na cena do entretenimento local a ponto de percebermos a latente necessidade da uma troca física, quase sempre subjugada diante da comodidade da internet!

Assim, com o objetivo aprofundar nossa relação a cidade, extrapolamos as fronteiras do online e lançamos em junho de 2018, o ALÉM DO ROLÊ: série de rodas de conversa, num formato horizontal e sem microfone, que vêm abordando os assuntos mais quentes deste momento que vivemos. A intenção é co-construir a realidade dos rolês de Beagá — com consciência e responsabilidade de que ocupamos a mesma cidade, e que as fronteiras entre os espaços privados e públicos estão se movendo. Dessa forma, incorporando valores de empatia e boa conduta, estamos promovendo um lugar de encontro de modo a possibilitar debates profundos, reflexões significativas e um puta networking. Fortalecer o cenário do entretenimento mineiro é nossa missão, articulando interesses e disseminando informações valiosas tanto para os rolezeiros que estão nas ruas e nos estabelecimentos de BH, quando para os profissionais envolvidos no ramo.

A ideia inicial e que vem se concretizando é promover 12 edições do ALÉM DO ROLÊ, cada uma com um tema relevante pra cena cultural local! Um time de convidados de reconhecida atuação no entretenimento de BH e região é convocado a cada encontro, onde, além de fotos, produzimos vídeos da dinâmica, entrevistas com cada um dos convidados de honra, além de um texto, publicado logo após o painel, fazendo um apanhado dos principais pontos ali tratados.

O primeiro ALÉM aconteceu dia 25/06, no então restaurante centoequatro, com o tema “Por que as coisas custam o que custam?” e conseguimos reunir cerca de 60 pessoas. Os convidados que compuseram nossa rodam foram: Bruna Martins (restaurante Birosca), Bruno Golgher (restaurante Café com Letras e Savassi Festival), Carol Mattos (DJ do Coletivo MASTERp la n o), Pedro Pacheco (Bar Zona Last) e Adair Eggídio (Bar Mi Corazón). O texto produzido a partir das reflexões geradas você pode ler aqui e os vídeos com as entrevistas você pode acessar aqui.

O segundo, que foi dia 17/07, teve o tema “Alô, Produção!”, e falamos dos desafios de se produzir eventos públicos e privados em BH. Na ocasião reunimos cerca de 90 pessoas! Os convidados foram Belisa Murta (produtora e DJ do Coletivo MASTERp la n o), Carlos Magno (Box Entretenimento que está por trás do Breve Festival, Carnaval do Mirante, Baile do Dennis, dentre outros rolês), DúPente (produtor que hoje integra a Gabinetona), Lucas Mortimer (músico, produtor técnico e idealizador do Festival Transborda) e Nata (Coletivos Habitantes e FA.VELA). O texto produzido a partir das reflexões geradas e os vídeos das entrevistas em versão reduzida você encontra aqui. Também confeccionamos versões estendidas das entrevistas.

A terceira roda, que ocorreu no dia 13/08, também no centoequatro, contou com o título: “Fora do Eixo?” e discutimos o movimento de descentralização do trecho centro-sul, com a expansão dos rolês pra locais mais periféricos e como eles são recebidos pela comunidade (ocupação espontânea X colonização impositiva). Desta vez, contamos com a Paola Abreu (Diretora de Políticas para a Juventude da PBH), Roberto Andrés (Arquiteto e Urbanista, Professor da UFMG e um dos idealizadores da Revista Piseagrama), Rafael Quick (Cervejaria Viela – Juramento 202 e Mesa&Cadeira), Gordão (Uai Sound System), Danusa Carvalho (Circuito Gastronômico de Favelas) e João Rafael Lopes (produtor cultural e integrante da Secretaria de Cultura de Sabará/MG). O encontro reuniu cerca de 50 pessoas. O texto sobre o que rolou por lá você encontra aqui e os vídeos das entrevistas aqui.

A quarta edição, que foi dia 11/09, teve como pauta a “Cena Musical Independente” e trouxemos à luz os desafios que a música autoral vem atravessando em BH. Além do público de aproximadamente 40 pessoas, integraram a roda: Léo Moraes (Casa de shows A Autêntica), Claudão (Casa noturna A OBRA), Bruna Vilela (Banda Miêta / Programa Alto Falante da REDE MINAS), Thiago Corrêa (Banda Diesel / Transmissor / baixista da dupla Victor & Leo e da banda de metal Eminence / produtor no estúdio Frango no Bafo) e Sandra Leão (DJ e apresentadora do programa Conversa Afinada na rádio UFMG educativa). Os highlights do encontro estão neste texto e as entrevistas neste link!

Já a quinta edição aconteceu em 2/10 e contou com título “MANAS NO ROLÊ”. Gabi Nas (DJ e Festa BATEKOO BH), Fernanda Azevedo (produtora de eventos), Carou Araujo (DJ, musicista, produtora musical, produtora executiva e idealizadora da Festa Transa), Paola Afrodite (Afrodite Studio de Dança) e Bela Stu (Casa de Referência Tina Martins, Movimento de Mulheres Olga Benário e Bloco ClandesTinas) deram uma palinha sobre como o protagonismo da mulher vem se construindo na cena do entretenimento na cidade, seus desafios e receptividade. O texto com os highlights do que rolou por lá você encontra aqui. Os vídeos você pode conferir aqui.

O sexto ALÉM DO ROLÊ já tem data e local marcados: será dia 6/11, terça-feira, às 19h30, n’A Central (antigo restaurante centoequatro). “CARNAVAL: PARA ONDE VAMOS?” é o tema da vez! A intenção é discutir sobre os rumos do Carnaval de BH, que a cada ano vem ganhando proporções astronômicas. Os convidados já confirmados para essa edição são Guto Borges (Bloco Mamá da Vaca), Jordana Menezes (BELOTUR), Mateus Jacob, Rafael TchaTcha Barros (Bloco Filhos de TchaTcha) e Juhlia Santos.

A página de divulgação e inscrição já está no ar e você acessa aqui A cada encontro ela é atualizada.

Para facilitar a comunicação entre as pessoas que estão engajadas nos nossos encontros, um grupo no Facebook foi criado, onde disponibilizamos a cobertura de cada um dos encontros, incluindo os vários vídeos, fotos e textos produzidos.

A cada roda, assuntos de suma importância e quase nunca discutidos são colocados em pauta; pessoas diferentes dividem suas experiências e anseios;
reflexões bastante relevantes são alcançadas; espaço de voz é dado àqueles que por vezes não são escutados… Ali estão produtor e público, artista e fã, mestre e discípulo, pergunta e resposta, rolê e rolezeiro. Soluções dificilmente são alcançadas, mas contribuindo com esse árduo processo certamente estamos, JUNTOS E JUNTAS!

Comungando desse mindset, aliás é que recentemente passamos a contar com o incentivo da nossa nova parceira GoFree: plataforma de eventos que vê valor no rolê e nas oportunidades que uma cena forte pode gerar à cidade! Vale citar ainda, nosso apoiador BaerMater, que está conosco desde o início da jornada distribuindo amor engarrafado a cada encontro!

A impressão que eu tenho é essa bateria de encontros vem recarregando não só minha fé na cidade, mas também a de todos que lá estão e que, no frigir dos ovos, se revelam como a força motora que dará continuidade ao movimento da engrenagem artístico-social informalmente apelidada “Cultura”!

Seguimos na missão!

Autor
Aquariano de nascença, curioso na essência, articulista por acaso, rolezeiro por paixão. Percebo que é no encontro da escrita com a rede que o rio se torna oceano, que nos identificamos, nos conectamos. O "estar" é o novo "ser", a quinta é a nova sexta, os clichês “propósito" e "empatia" fazem mais sentido que nunca. De que vale escrever se não for pra dividir? De que vale dividir se não for pra construir? Juntos. Vamos?

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Você vai gostar

GoFree. A nova experiência em eventos.

Parceira GUAJA e incentivadora do Além do Rolê. Crie eventos e garanta ingressos online. CONHEÇA!

BH precisa de metrô?

por

Uma conversa sobre mobilidade urbana e como nossos meios de deslocamento pela cidade estão conectados aos espaços públicos, de… continue lendo ▶︎