Retrospectiva 2018: vamos juntos e além, bem Além do Rolê

 Foto: Camila Rocha/Estático Zero

Receba artigos sobre cidade semanalmente em sua caixa de entrada!

×

Pouco mais de um ano atrás, lançamos nosso portal de conteúdo online. Nesses quase 400 dias, falamos sobre cidades, negócios, amor, comida, política, livros, e design; sobre viagens, música, educação, tecnologia. Pelas palavras de uma comunidade forte e diversa, colocamos no ar e no mundo um novo conteúdo todos os dias e, a partir de hoje, faremos uma retrospectiva de artigos que merecem ser relidos, revividos, revisitados.

Para puxar a fila dessa viagem no tempo por 2018, apresentamos o Além do Rolê — um projeto de grande relevância para nós e para Belo Horizonte que ganhou vida a partir do GUAJA no Rolê, nosso guia cultural promovido pelo colaborador Gabriel Prata. O Além do Rolê é uma série de painéis que visa criar um espaço de debate e troca para produtores, artistas, rolezeiros e quem mais tiver interesse em fortalecer a cena local de cultura e entretenimento.

Até então, foram 7 encontros promovidos, muita gente foda e querida aberta aos encontros, inúmeras conexões criadas. Além do aprendizado bizarro sobre cada uma das temáticas propostas, fica a certeza de que a construção é imperativamente coletiva! Junto se vai beeem mais longe!

Olha só o que já rolou:

  1. Por que as coisas custam o que custam?

Uma conversa sobre o desafio de manter um negócio acessível para os consumidores e sustentável para seus idealizadores;

2. Alô, Produção!

Para entender as dores e as delícias de produzir eventos em BH;

3. Fora do Eixo?

Uma discussão sobre a tentativa de fugir do eixo Centro-Sul e os eventos em outras regiões da cidade;

4. Cena Musical Independente

Reunimos artistas, donos de estabelecimentos e produtores culturais para entender como se manter independente e relevante no mercado, além dos desafios de romper com a lógica de uma BH provinciana;

5. Manas no Rolê

Com o recorte de gênero, mulheres incríveis compartilharam experiências e ideias para uma cena cada vez mais feminina e feminista;

6. Carnaval: para onde vamos?

Assunto importante e que interessa a todos nós! Uma verdadeira aula de história sobre o Carnaval de BH, a ocupação das ruas e os preparativos para uma festa democrática e

7. Arte d(E) Rua

Em pauta, as formas como ocupamos a cidade por meio da arte, iniciativas e projetos sensacionais que acontecem por aqui, desafios de conseguir recursos e fortalecer a classe artística. Como nossa praia é produzir conteúdo, além do texto, é vez de você conferir as entrevistas fantásticas colhidas dos nossos convidados nos bastidores, antes da roda começar! Além de um apanhado histórico, eles trouxeram suas respectivas visões sobre a importância da Street Art na relação com a cidade, contando um pouco sobre os movimentos em que estão inseridos.

Se liga no que Juju Flores (CURA – Circuito Urbano de Arte); Binho Barreto (artista visual, ilustrador, pintor, muralista, professor e um dos idealizadores do Bazar da Junta); Bernardo Biagioni (Instituto Amado); Ivan Neves e JP Ilanes (Museu de Rua), Maria Silvia (Coletivo SAN.GRIA) e João Perdigão (historiador, jornalista e co-editor d’A ZICA Zine) contaram pra gente!

Em 2019 voltaremos com muito mais: mais encontros, ideias e inquietações para irmos além, bem além do rolê!

Autor
Comunidade criativa que inspira ideias e conecta oportunidades. Com atuação on e offline, construímos juntos um ambiente de conteúdo e aprendizado.

Share the love.

Se este artigo te fez lembrar de alguém, mostra pra elx!

Para comentar você deve ter uma conta—só leva um minuto:

fazer login ou registrar-se
Você vai gostar

Aprenda lettering agora

Com apostila grátis! BAIXAR AGORA